Sobre a emissão de fumaça

Da mesma forma que no seu fogão, uma churrasqueira a gás acesa não emite fumaça na queima do gás de cozinha. Porém, as carnes grelhadas emitem a “fumaça” da gordura e dos líquidos da carne se evaporando. Claro que a quantidade é muito menor que em uma churrasqueira a carvão e como ela depende do calor gerado pela churrasqueira e não da queima do seu combustível, basta reduzir a temperatura (de 300/350 para 200/250 graus Celsius) para reduzir a evaporação de líquidos e minimizar esta emissão de fumaça. Reduzindo a temperatura, você vai grelhar a carne de maneira mais uniforme, sem evaporar os sumos, mantendo os grelhados mais suculentos.

A fumaça é da vaporização dos líquidos e gordura da carne

Muitas pessoas pensam que em uma churrasqueira a gás não há qualquer emissão de fumaça, o que não é verdade. Imagine um fogão aceso sem nenhuma panela, zero de fumaça. Agora coloque uma frigideira com óleo e passe os bifes do seu almoço, há fumaça. A fumaça não é da queima do combustível como ocorre com a queima do carvão, é a fumaça da vaporização dos líquidos e da gordura dos alimentos.

De forma geral, em ambientes bem ventilados não é fundamental a instalação de uma coifa ou depurador, apesar de bem vinda. Muitos dos nossos clientes utilizam normalmente suas churrasqueiras a gás nas varandas de seus apartamentos mesmo sem qualquer adaptação. Em locais mais fechados, como em uma cozinha, é recomendada a instalação de uma coifa ou pelo menos de um depurador de ar. Mais detalhes sobre a instalação de Coifas

Comprar churrasqueira Charbroil